Uma casa segura para o bebê requer alguns cuidados que sempre valem a pena a gente ter. Afinal, eles não tem a menor noção de perigo e nem tampouco de saber a hora de parar. Pensando nisso, nosso post de hoje tem o objetivo de dividir com vocês, mamães, 4 formas de garantir que os pequenos fiquem mais seguros.

CLIQUE NA FOTO PARA IR PARA O SITE DA LILIBEE

CLIQUE NA FOTO PARA IR PARA O SITE DA LILIBEE

Portões nas escadas 
Se tem escada não tem outra forma de proteger os bebês do que colocando portões.  E na verdade não interessa muito se o pequeno está firme no andar. Descer escada requer um esforço a mais e que é preciso esperar mais para acontecer de forma tranquila e segura para todos. Até que esse momento chegue, explique a ele que ainda não é possível e que é perigoso.

Antiderrapantes nos banheiros e travas nos vasos
Coloque fitas antiderrapantes dentro do box para evitar que o bebê escorregue. Se tiver banheira, aplique também. As chances de ele escorregar diminuem muito, pode acreditar. Além do box e da banheira outro perigo constante para eles é vaso sanitário. Eles podem sim cair ali dentro. Contra isso, compre travas que impedirão que o pequeno suba a tampa.

Tomadas tampadas, quinas arredondadas
Compre protetor para tooodas as tomadas (mesmo aquelas improváveis, tá? Uma hora eles chegam lá!) porque eles enfiam os dedinhos fininhos sempre. Além dos protetores, não esqueça de proteger as quinas dos móveis com o protetor arredondado.

Talheres no alto, nada de toalha
Facas, garfos e acessórios de cozinha são vilões para os bebês. Por isso, mantenha todo tipo de talher fora do alcance dele, de preferência em locais mais altos.  Outro cuidado é não usar toalha nas mesas, até que ele pare de se agarrar em tudo! Se não, já viu: ele vem com a toalha e tudo que tiver em cima da mesa e pode se machucar mesmo. 

Casa segura, bebê seguro e mamãe e papai e tranquilos, claro!
Já preparam as casas de vocês para esses pequenos furacões que a gente tanto ama? <3 <3

Até a próxima!