Como passar mais tempo com os filhos e continuar trabalhando?

Como passar mais tempo com os filhos é uma dúvida cada mais vez recorrente na vida de muitas mães que querem aumentar a família e se fazerem presentes durante o crescimento e o desenvolvimento dos filhos, mas sem deixar de lado a vida profissional. Afinal, não só você, como muitas outras lutaram bastante para ter uma boa formação e construir uma carreira promissora.

Embora pareça uma missão difícil e que exija sacrifícios da sua parte, saiba que é possível, sim, encontrar soluções para continuar trabalhando e acompanhando seus pequenos de perto. Quer saber como? Não perca as dicas a seguir!

Consiga um emprego de meio período

A primeira opção é conseguir um emprego na sua área de atuação/formação que seja de meio período. Com isso, você precisará trabalhar apenas em um turno, que pode ser pela manhã ou à tarde, e no outro se dedicar exclusivamente aos seus filhos.

Essa modalidade tem crescido e se tornado popular em muito nichos do mercado, como empresas de contabilidade, agências de publicidade e marketing, estúdios de arquitetura e design de interiores, escritórios de advocacia, dentre outros.

Tanto é que segundo levantamento realizado em 19 países, cerca de 55% das mulheres brasileiras têm buscado trabalhos flexíveis para poder conciliar vida profissional e pessoal.

Além disso, de acordo com os demais dados divulgados, mais da metade da população do país (51%) preferiria trabalhar em meio período. Para se ter ideia, esse percentual é o terceiro maior em escala global, atrás apenas da Colômbia (52%) e do Peru (55%).

Fora, é claro, que é uma ótima opção quando as crianças já estão maiores e frequentando a escola, já que, enquanto você trabalha, elas estão estudando.

Trabalhe no formato home office

Uma segunda alternativa — que tem ganhado cada vez mais força no mercado e já está contemplada na legislação trabalhista — é o formato home office. Ou seja, a possibilidade de você realizar suas atividades sem sair de casa por, pelo menos, alguns dias da semana.

Essa é uma realidade cada vez mais comum para aquelas profissionais que utilizam, basicamente, um computador com acesso à internet para trabalhar, como é o caso de administradores, cerimonialistas, diretores de criação, ilustradores, editores de vídeos etc.

Assim, conseguem cumprir com as suas funções da mesma maneira que fariam se estivessem dentro de um escritório, e o principal: podem passar mais tempo com os filhos.

Torne-se uma empreendedora

Por fim, você pode empreender e ser a dona do seu próprio negócio, como uma loja de bijuterias e semijoias, um restaurante, um e-commerce de itens artesanais, um petshop ou mesmo, quem sabe, investir em uma franquia especializada em itens de vestuário e acessórios para gestante e bebês. Que tal?

Assim, além de apostar em algo com que você se identifica e que vai gerar realização pessoal e profissional, é possível ter mais autonomia, montar a própria equipe e ter mais flexibilidade quanto aos horários de trabalho.

Isso sem falar, é claro, na chance de aumentar a sua renda e ter mais tempo livre — o que a permite acompanhar mais de perto o crescimento dos pequenos e, de quebra,  proporcionar mais conforto e qualidade de vida para a sua família, algo que toda mãe deseja, não é mesmo?

Não é para menos que tem crescido o movimento de mulheres que se tornam MEI ou MPE, por exemplo. Para se ter ideia, segundo pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), elas já são maioria entre as pessoas que abrem um novo empreendimento no país.

Como você viu, existem diferentes formas de passar mais tempo com os filhos e não precisar abrir mão de seguir com a sua vida profissional. Por isso, procure experimentá-las e, assim, encontrar aquela que mais se encaixa na sua realidade e atenda às suas necessidades como mãe.

O post foi útil para você? Aproveite e siga a gente no Youtube, no Facebook, no Pinterest e no Instagram para conferir outras dicas e conteúdos sobre como se preparar para a chegada do seu filho!

Por | 2019-08-21T13:44:10+00:00 27 de agosto de 2018|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário