Roupas para gestantes: como se vestir bem gastando pouco

Existem muitos mitos envolvendo roupas para gestantes. Há quem duvide que as grávidas possam se vestir com elegância, e existem ainda orientações erradas que desfavorecem o visual ao destacar o que não precisa.

É importante lembrar que são vários os biotipos do corpo feminino, como ampulheta, pera, oval etc. Porém, no momento da gestação, todas as mulheres têm um tipo de corpo muito semelhante. Assim, algumas peças — que não precisam ter preços exorbitantes — são grandes aliadas. Confira nossas dicas para se vestir bem durante a gravidez gastando pouco:

Evite a calça legging

“Grávidas devem usar legging”: eis um dos mitos de roupas para gestantes. A menos que você esteja indo para a academia, evite. Esse tipo de calça salienta tudo que costuma incomodar, como inchaços e saliências. A exceção fica apenas com a legging de couro, pois traz algum charme.

Não visite o armário do parceiro

Esqueça o guarda-roupas do seu parceiro. Pode parecer uma opção prática e acessível o uso de peças grandes e soltas, mas existem alternativas mais confortáveis e que caem melhor no seu corpo.

Use calça flare ou bootcut

Nesse momento, o quadril e a barriga estão maiores. As calças flare ou bootcut, por terem a boca mais aberta, equilibram e afinam a silhueta. Assim, tem-se a impressão de a grávida estar mais magra e elegante.

roupas de gestante calças

Abuse da terceira peça

Não é imprescindível, mas faz toda a diferença. Pense em um blazer, por exemplo. Ele deixa o visual mais sofisticado e, ao acrescentar duas linhas verticais ao longo do tronco, te ajuda a parecer mais magra.

Outros bons exemplos são os usos dos cardigans, coletes, camisas leves abertas ou lenços. É importante ter caimento solto e que se alongue pelo menos até os quadris, senão o efeito será inverso.

roupas para gestante terceira peça

Invista em um look monocromático

Não é só o preto que emagrece. Qualquer look monocromático ajuda a afinar silhueta, por não ter cortes atraindo o olhar para a horizontal. Pelo mesmo motivo uma mulher baixinha parece mais alta vestindo um macacão, ou qualquer conjunto todo de mesma cor.

Utilize peças que sejam versáteis e duradouras

Na hora de se vestir, uma boa dica é escolher peças que podem ser complementadas com acessórios e itens que podem ser facilmente encontrados em casa. Com isso, você acaba ganhando novas combinações e looks usando pouquissímas peças.

Outro ponto que também merece atenção é a compra de roupas que podem ser reaproveitadas por mais tempo. É o caso das blusas e vestidos com abertura para amamentar, que podem ser usadas da gestação até o final da amamentação.

Use roupas indicadas para cada momento

Primeiro trimestre e pós-parto

Nesse momento, quando a barriga ainda não apareceu, invista em roupas mais soltinhas e confortáveis. Pontos de cor próximos ao seu rosto animam o visual nessa época em que você está sofrendo com as noites de pouco sono. Caso comece a ganhar peso, vale o recurso da terceira peça.

A partir do segundo trimestre

Nesse momento, não dá mais para esconder o barrigão de grávida. Hora de torná-lo um aliado e parte integrante do visual! Agora, destacar a barriga é o melhor caminho.

O segredo: usar blusas e vestidos de caimento justo e evitar peças largas e presas logo abaixo do busto, que dão aquele visual de botijão de gás. Também vale a pena investir em lingerie e pijama, dos quais você também vai precisar na fase de amamentação.

Gostou das nossas dicas de roupas para gestantes? Deixe um comentário neste post nos dizendo qual dica você achou mais útil!


Por | 2019-05-15T18:24:46+00:00 18 de julho de 2018|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário